As oliveiras e os olivais tradicionais: aliados na luta contra a desertificação e a seca

Oliveiras

Em Portugal, a desertificação e a seca assumem proporções cada vez mais preocupantes.  As alterações climáticas intensificam a aridez do solo, e ameaçam a agricultura, a biodiversidade e a qualidade de vida das populações rurais. Neste contexto, as oliveiras e os olivais tradicionais revelam-se aliados cruciais no combate a estes desafios.

As oliveiras: sentinelas contra a desertificação

As oliveiras, árvores adaptadas a climas secos e áridos, desempenham um papel fundamental na preservação do solo e da água. As suas raízes profundas exploram o solo em busca de água, promovem a sua retenção e evitam a erosão. As folhas das oliveiras também contribuem significativamente para a retenção da humidade, ao criarem um microclima mais fresco e húmido sob a copa das árvores.

Olivais tradicionais: para além da preservação ambiental

Os olivais tradicionais, caracterizados por um sistema de cultivo extensivo e pouco mecanizado, vão além da sua relevância ambiental. Estes olivais promovem a biodiversidade ao fornecer habitat para diversas espécies de plantas e animais. A biodiversidade, por sua vez, contribui para a saúde do solo, aumentando a sua fertilidade e resiliência à seca.

Um estudo publicado na revista “Science revela que diversidade global diminuiu entre 2 e 11% ao longo do século passado, resultante exclusivamente das alterações na utilização dos solos. As projeções apresentadas nesta investigação sugerem que, até meados do nosso século, as alterações climáticas podem vir a tornar-se a principal causa da perda da biodiversidade. A preservação dos olivais tradicionais, com a sua rica biodiversidade, é crítica para garantir a segurança alimentar das populações, especialmente em regiões áridas e semiáridas.

Impacto social e económico

Além dos benefícios ambientais, os olivais tradicionais também contribuem para o desenvolvimento social e económico das comunidades rurais. A produção de azeite de qualidade proporciona oportunidades de trabalho e renda para os agricultores, especialmente em regiões com poucas alternativas económicas.

Apadrinha uma Oliveira: um contributo concreto

Na Apadrinha uma Oliveira somos uma associação que reconhece o valor das oliveiras e dos olivais tradicionais na luta contra a desertificação e a seca. Através da recuperação de oliveiras abandonadas em Abrantes, preservamos o ambiente, e criamos oportunidades de emprego para a comunidade. 

Quando apadrinha uma oliveira, está a:

  • contribuir diretamente para a recuperação dos olivais tradicionais e para a preservação do ambiente
  • permitindo a plantação e o cuidado de oliveiras novas
  • promover a agricultura sustentável e a geração de oportunidades para as comunidades rurais.

Apadrinhe uma oliveira e faça a diferença!

Para saber mais:

Deixe um comentário